Grupo quer explicação após caos em aterro

http://www.diariodoaltotiete.com.br/materias/?ided=1185&idedito=50&idmat=50881

O PT de Itaquaquecetuba promoveu ontem uma manifestação com o objetivo de mobilizar a população quanto às consequências da explosão ocorrida no dia 25 de abril no aterro da Pajoan. Um grupo de 100 pessoas percorreu a região central da cidade, exibindo faixas, com o apoio de um caminhão de som. A passeata seguiu até a prefeitura por volta das 12h30.
A manifestação foi um protesto de moradores dos bairros Jardim Lucinda, Josely e Nova Louzada, que residem no entorno do lixão com apoio do PT.
De acordo com o presidente do PT, José Henrique Genésio, as famílias ficaram insatisfeitas com as duas últimas Comissões do Meio Ambiente e Saneamento Básico que trataram de assuntos relacionados ao aterro. “Chamamos à atenção das pessoas para o nosso problema e para tudo o que está sendo escondido da gente”, declarou.

Moradores se dizem prejudicados com Pajoan e pedem fim de aterro

Matéria publicada na edição: 8902
Data de:2011-05-28/05/2011

http://www.diariodesuzano.com.br/main4/conteudo.php?cod=258215&data=2011-05-28
Moradores de bairros que ficam próximos ao Aterro da Pajoan fizeram uma passeata em protesto às consequências da explosão ocorrida no local. A manifestação pedia o fechamento permanente do aterro e soluções para os problemas que ele gera nas casas das pessoas. As principais reclamações eram sobre o cheiro, bichos e problemas respiratórios.
A passeata foi organizada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e com um carro de som, o grupo de pessoas caminhou até a Praça Padre João Álvares, no Centro de Itaquaquecetuba. Na praça, faixas e bexigas exibiam frases pedindo a extinção do lixão.
A intenção era chamar a atenção para a forma como a situação tem sido tratada. “Nosso protesto é pelo descaso com que estão tratando o problema. Para quem mora lá, a qualidade de vida está bem comprometida. Os mais afetados têm sido os moradores dos bairros Louzada, Josely, Pinheirinhos e Lucinda.”, explicou o presidente do PT de Itaquá.
 Estamos propondo uma audiência pública no dia 16 de junho com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) para que seja explicado o que já foi feito e como eles pretendem agir no aterro.”
OPOSIÇÃO Esteve presente no manifesto o vereador Oscar Cabreira (PCdoB). Queremos uma outra destinação para o lixo”.DEPOIMENTO A dona de casa Sheila Costa mora próximo ao aterro e falou dos problemas que tem enfrentado. “Mau cheiro o dia inteiro, muito pó e um monte debichos e insetos. Ontem (quinta-feira) nós juntamos seis pires de mosca. Na minha casa se ficar de boca aberta é capaz de você engolir uma mosca”.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Politica

One Comment em “Grupo quer explicação após caos em aterro”

  1. Raquel Says:

    Gostaria de uma solução para o Parque Marengo, ou seja “Marengo Baixo” até quando vamos conviver com os alagamentos e a lama, principalmente na rua Otto maria, onde houve algumas desapropiações, e agora temos que conviver com entulhos, lixos e ratos sem falar da dengue, por ironia a zoonoses passou por aqui, para nos orientar, foram bem recebidos em minha casa, porém apontei para frente de minha casa, o verdadeiro descaso, desde de maio de 2011 até nada foi feito, até quando vamos esperar?Será que até as próximas eleições?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: